Wilson Lima destaca que novo lote da vacina da CoronaVac vai imunizar todos os profissionais da saúde e idosos acima de 70 anos no estado

Ao acompanhar a chegada do lote de 96,2 mil doses de vacinas da CoronaVac, enviadas pelo Ministério da Saúde, neste domingo (07/02), o governador Wilson Lima destacou que será possível imunizar todos os profissionais da saúde e idosos acima de 70 anos. O Amazonas ocupa a segunda colocação dos estados que mais vacinam no País. Com essa nova remessa, o estado contabiliza 554,7 mil doses recebidas pelo Governo Federal.

“Estamos recebendo um lote de 96.200 doses, que serão suficientes para vacinar todos os profissionais da área de saúde, tanto do interior quanto da capital, das redes públicas e privada, além de idosos acima de 70 anos de idade. Lembrando que o estado do Amazonas está entre os que mais vacinam no país. Neste sábado, fechou com mais de 115 mil pessoas vacinadas”, destacou o governador Wilson Lima.

Desse total de doses destinadas ao Amazonas, 45.830 fazem parte do Plano de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, proporcional a todos os estados.  Outras 39.720 são do Fundo Estratégico criado com 5% do total de vacinas, usado para atender os casos prioritários mais graves da pandemia — e o Amazonas é o que está sendo beneficiado nesse momento.

“O Amazonas tem tido uma atenção diferenciada em razão do problema que estamos passando e nesses lotes estamos recebendo, além da cota que é de direito do Amazonas, um percentual a mais, que é da reserva técnica daquelas regiões que estão sendo mais afetadas nesse momento”, explicou o governador.

O Ministério da Saúde começou a distribuição, no sábado (06/02), de 2.905.600 doses da vacina contra a Covid-19. A previsão é de que a distribuição esteja concluída até esta segunda-feira (08/02). A logística de distribuição das vacinas está sendo realizada por meio de aviões.

Ranking de vacinação –  O Amazonas ocupa o segundo lugar no ranking nacional de quem mais vacinou. Em primeiro está o Distrito Federal (DF), de acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa, formado por G1, O Globo, Extra, O Estado de S. Paulo (Estadão), Folha de S. Paulo e UOL. Conforme dados parciais do Programa Nacional de Imunização da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (PNI/FVS-AM), já foram aplicadas 115.200 doses em todo o estado até este sábado (06/02).

O governador Wilson Lima reafirmou que vem avançando nas articulações junto ao Ministério da Saúde para ampliação vacinal contra à Covid-19 no estado. “Eu fiz um pedido ao ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, que houvesse uma prioridade e aumento na quantidade de doses que o estado do Amazonas está recebendo. Já há uma sinalização muito positiva do Ministério da Saúde, que já encaminhou ao Programa Nacional de Imunização um pedido, para que algo em torno de 1,3 milhão de pessoas no estado do Amazonas sejam imunizadas até o dia 30 de março”.

Remessas – Esta é a quarta remessa de vacinas que o Ministério da Saúde destina ao Amazonas. Na primeira remessa do Ministério da Saúde, em 18 de janeiro, o Amazonas recebeu 282.320 doses da CoronaVac.  No dia 23 de janeiro, outras 132.500 mil doses da AstraZeneca desembarcaram no estado. Em 25 de janeiro, o Amazonas recebeu 44.600 doses da CoronaVac.

Vacinas – O Amazonas conta, até agora, com duas vacinas contra a Covid-19, uma do Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, chamada de CoronaVac, e outra da empresa AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, da Inglaterra.