Titular da Susam reforça a importância de parceria com o
Conselho Estadual de Saúde em reunião

A secretária de Saúde do Amazonas, Simone Papaiz, participou, na tarde desta quarta-feira (06/05), de reunião ordinária do Conselho Estadual de Saúde (CES-AM). Foi a primeira participação da titular da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), desde que assumiu a pasta, na reunião do colegiado, que contou com a presença de 11 conselheiros. Na ocasião, ela reforçou a importância do Conselho no trabalho desenvolvido pelo Executivo estadual.

 

A reunião foi comandada pela titular da Susam, presidente do conselho, e pela secretária-executiva do CES-AM, Alexandra de Biasi Amaral. Simone Papaiz iniciou sua fala ressaltando o trabalho fundamental realizado pelo grupo, como instrumento fiscalizador dos trabalhos feitos pela Susam.

 

“Os conselhos são fundamentais porque, além de agregar soluções, fortalecem a atuação das secretarias, principalmente quando se trabalha com transparência, respaldando o gestor. Então, os conselhos garantem que a política pública seja cumprida”. 

 

Simone apresentou aos conselheiros o boletim informativo, que contém todas as ações adotadas pelo Governo do Amazonas frente à crise do novo coronavírus, e informou que será enviado a eles semanalmente, para que acompanhem de perto o trabalho desenvolvido pela secretaria. 

 

A secretária também fez questão de destacar as dificuldades enfrentadas pelo Sistema Público de Saúde (SUS) em virtude do quadro causado pela pandemia do novo coronavírus e salientou que as decisões tomadas, em momentos como esse, precisam ser feitas de forma assertiva, mas também com a rapidez que a situação exige. 

 

Exatamente pela necessidade da tomada de decisões de forma eficiente, ela novamente reforçou o pedido aos conselheiros para que auxiliem o Estado nessas decisões, principalmente no que diz respeito à aquisição de equipamentos e insumos, que esbarra em questões mercadológicas, como preço e oferta de equipamentos e materiais. 

 

Foco na gestão de qualidade – A secretária Simone Papaiz também destacou que a busca da sua gestão, mesmo que em momentos de pandemia, sempre será com o foco em oferecer uma saúde pública de qualidade a toda população.

 

Segundo ela, passado o momento crítico ocasionado pelo novo coronavírus, o trabalho será sempre para oferecer aos usuários do SUS, no Amazonas, a assistência mais próxima daquilo que é oferecido para quem pode pagar por serviços na rede particular. 

 

“Nosso foco hoje está na melhoria da assistência e o nosso compromisso é com a população. Acredito que a população precisa ser vista com respeito e dignidade pelo gestor, aplicando bem o recurso público”, enfatizou. 

 

Saúde indígena – Durante a reunião, a equipe da secretaria de Saúde foi questionada quanto ao trabalho que está sendo desenvolvido para a prestação de assistência aos pacientes indígenas do Estado, atribuição essa sob responsabilidade do Ministério da Saúde (MS). 

 

secretário de Atenção Especializada ao Interior (SEA Interior), Cássio Espírito Santo, explicou que, em reunião entre Susam e Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), o Ministério da Saúde demonstrou interesse em financiar a abertura de uma ala voltada para a Saúde Indígena no Hospital de Combate ao Covid-19. 

 

 “Tivemos uma reunião com a presença do governador Wilson Lima e do secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, com a presença de várias entidades, em que solicitamos, com base em um documento do Ministério Público Federal, que o Ministério (da Saúde) nos envie insumos, equipamentos e pessoal para que possamos atender os pacientes indígenas”, afirmou. 

 

De acordo Cássio Espírito Santo, também foi solicitado ao MS que os municípios do interior, que farão o atendimento desses pacientes, recebam um aporte financeiro, uma vez que nem todos contam com recursos do Incentivo de Atenção Especializada aos Povos Indígenas (AEPI).

 

Fotos: Divulgação/Susam