Governo do Amazonas estreita parceria com a classe
médica no combate ao novo Coronavírus

O Governo do Amazonas tem contado com o apoio da classe médica no trabalho de combate ao novo Coronavírus (Covid-19). Para isso, o novo secretário executivo adjunto da capital da Susam, Ítalo Cortez, tem atuado mais fortemente como um interlocutor entre as partes. Na última sexta-feira (24/04), ele esteve reunido com o presidente do Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam), José Bernardes Sobrinho, e com o secretário-geral do Cremam, Jorge Akel.      

“O objetivo principal é a gente mostrar para a população que nós estamos unidos, o Estado, a Secretaria de Saúde, com todas as classes dos profissionais para que a gente possa atender melhor tanto na pandemia quanto quando acabar a pandemia”, afirmou Ítalo Cortez.

Na reunião, foram pautadas questões como as ações de assistência adotadas pelo Governo durante a pandemia, pagamentos de profissionais, aquisição de insumos e outras demandas que, segundo o presidente do Cremam, fazem a diferença durante esse período de crise.

“Ele [secretário] abriu um canal de comunicação agora com a classe médica e certamente vai melhorar, vai ter um benefício muito grande para a classe dos profissionais. Ele entendeu as nossas angústias, trouxemos nossos problemas, são todas coisas viáveis e possíveis de resolução. Com certeza, isso vem em benefício da população e agora, é o momento de trabalharmos em conjunto”, destacou Bernardes.

De acordo com Ítalo Cortez, todas as demandas e sugestões da classe serão avaliadas pelos setores responsáveis da Susam. “A gente tem que acabar com essa impressão ruim de que a população acha que o culpado pela saúde não está tão boa é da classe de profissionais e agredir os profissionais, verbalizar, gravar vídeos mostrando os profissionais. Todos nós sabemos que existem profissionais de diferentes gabaritos, isso em todas as classes, mas a gente quer estreitar essa relação, mostrar para a população que precisamos de união”, destacou o secretário executivo adjunto da capital da Susam.

Pagamento – O governador do Amazonas, Wilson Lima, determinou o pagamento de R$ 60 milhões a cooperativas médicas e terceirizados da saúde na semana passada. Na última quarta-feira (22/04), foram pagos R$ 20 milhões a profissionais das chamadas “áreas meio”, como maqueiros e equipes de conservação e limpeza. No dia seguinte (23/04), foi feito o pagamento de aproximadamente R$ 40 milhões a cooperativas médicas que prestam serviço para a saúde pública do Estado. 

A liquidação dos vencimentos foi confirmada durante reunião do governador Wilson Lima com representantes da classe. A programação de pagamentos dos profissionais da saúde foi um dos assuntos discutidos durante o encontro, realizado por meio de videoconferência.

 

Fotos: Divulgação/Secom