Especialistas falam sobre os cuidados com a saúde mental em tempos de pandemia

Em apoio à campanha Setembro Amarelo, a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) promove, nesta quinta-feira (24), duas palestras voltadas para a saúde mental. As palestras serão ministradas pela psiquiatra Alessandra Pereira e pela psicanalista Mônica Portugal, com transmissão ao vivo pelo YouTube da Defensoria, a partir das 10h, por meio do link https://tinyurl.com/y4z52aje.   

As duas especialistas vão ministrar as palestras da própria sede da DPE-AM, na avenida André Araújo, 679, Aleixo, zona centro-sul de Manaus. Seguindo os protocolos de segurança adotados pela instituição para a diminuição do risco de contágio de Covid-19, um número reduzido de servidores e defensores vai acompanhar a exposição de forma presencial. Aos demais, o link no YouTube será disponibilizado. A população em geral também poderá acompanhar a palestra virtualmente e enviar perguntas.  

As palestras irão ressaltar a importância dos cuidados com a saúde mental, especialmente nos tempos atuais. Com o tema “Sem saúde mental, não há saúde”, o evento faz parte das mobilizações da campanha nacional Setembro Amarelo, de prevenção ao suicídio, e contará com a participação do defensor público da Saúde, Arlindo Gonçalves. Para ele, os debates realizados durante o mês, em alusão à campanha Setembro Amarelo, têm uma missão nobre por ressignificar a vida.  

Segundo o defensor, em um ano diferenciado como o de 2020, em que o mundo passa por uma pandemia, é essencial lembrar que ninguém está isolado neste mundo, e que podemos contar com outras pessoas em momentos de dificuldades.  

“Importante também despertarmos uma empatia pelo próximo, pois uma palavra oportuna pode fazer toda diferença nas escolhas do indivíduo. Estamos distantes, mas não necessariamente afastados. Podemos sim cuidar à distância. Nem sempre podemos estar fisicamente perto, sobretudo num tempo de pandemia como o que vivemos. Espero que o evento promovido pela Defensoria traga um alento neste momento em que a maioria de nós aguarda, ansiosos, por novidades que a ciência leva um certo tempo para promover”, afirmou Arlindo. 

Para a defensora pública Carolina Carvalho, uma das organizadoras do evento, as palestras são necessárias pela importância do tema. “Como o tema da campanha diz, sem saúde mental, não há saúde. É extremamente importante que a gente possa levar a defensores, servidores e à população em geral a importância de estarmos atentos a nossa saúde mental e das pessoas ao nosso redor”, afirma. 

O evento na Defensoria está inserido na mobilização estadual do Setembro Amarelo, que traz o tema “Estou a um clique de você”, em referência ao isolamento social necessário para minimizar os riscos de contágio na pandemia de Covid-19.  

A Defensoria atua na campanha Setembro Amarelo em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV), Faculdade Boas Novas, Ministério Internacional da Restauração (MIR) – Centro Sul e Equilibrium – Saúde e Bem-estar.

Leave a reply